SAFRA PAY
FDC - FACULDADE
SODEXO CARTÕES
MUNDO

Fernandéz deve deixar Grupo de Lima em apoio à Venezuela

Fernandéz também não chamará Nicolás Maduro de ditador

31/10/2019 12h09Atualizado há 2 semanas
Por: Silvan Magalhães
Fonte: Folha
54
Alberto Fernandéz - Reuters/Agustin Marcarian
Alberto Fernandéz - Reuters/Agustin Marcarian

Alberto Fernandéz deve tirar a Argentina do Grupo de Lima –reunião de países das Américas para discutir a crise da Venezuela–, informa a Folha.

Segundo uma fonte ouvida pelo jornal, Fernandéz também não chamará Nicolás Maduro de ditador nem reconhecerá Juan Guaidó como presidente interino do país.

O governo peronista, apesar das medidas, reconhece os abusos de direito humanos apontados em relatório da ONU, mas deverá apostar na saída da crise da Venezuela pelo diálogo e não-interferência.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.
Ele1 - Criar site de notícias