SAFRA PAY
FDC - FACULDADE
SODEXO CARTÕES
JUSTIÇA

Aras tenta ‘ponderar valores constitucionais’ para definir posição sobre Coaf

O PGR comentou a decisão de Dias Toffoli sobre o Coaf

31/10/2019 12h00Atualizado há 2 semanas
Por: Silvan Magalhães
Fonte: Globo News
44
Augusto Aras - Reprodução
Augusto Aras - Reprodução

Em entrevista à Andréia Sadi da Globo News, Augusto Aras comentou a decisão de Dias Toffoli sobre o Coaf, que paralisou investigações, e deve ser analisado pelo plenário do STF em 21 de novembro.

“Nós estamos estudando a melhor solução para o caso. Solução que preserve não somente o combate à corrupção, a lavagem de dinheiro, mas que preserve também a autoridade do Estado a persecução dos crimes, preserve o titular da ação penal, que é o Ministério Público, a quem compete, dentre tantos órgãos de fiscalização e controle, receber as informações do Coaf para proceder as devidas investigações.”

E completou:

“Temos que defender que eventuais atos ilícitos sejam sempre de comunicação obrigatória pelo servidor, como é da tradição de nosso direito, às autoridades competentes. Todavia, nós temos que ponderar esses valores junto com outros valores constitucionais. O nosso desafio é a inteligência.”

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.
Ele1 - Criar site de notícias