SAFRA PAY
FDC - FACULDADE
SODEXO CARTÕES
SAÚDE

Cirurgia de Bolsonaro foi um sucesso, afirma filho Eduardo

Chance de hérnia voltar é pequena, diz médico de Bolsonaro

08/09/2019 11h19Atualizado há 2 meses
Por: Silvan Magalhães
Fonte: O Antagonista
128
Jair Bolsonaro - Reprodução
Jair Bolsonaro - Reprodução

Jair Bolsonaro passou neste domingo por cirurgia de correção de uma hérnia incisional, informa O Antagonista.

A operação, que estava prevista para as 7h, começou às 7h35, segundo a assessoria do hospital Vila Nova Star, em São Paulo.

Eduardo e Flávio Bolsonaro chegaram na manhã deste domingo ao hospital Vila Nova Star, em São Paulo, para acompanhar a cirurgia de Jair Bolsonaro.

O presidente estava acompanhado ainda pela primeira-dama Michelle e pelo filho Carlos.

Segundo boletim médico divulgado hoje à tarde pela Presidência da República, a cirurgia de Jair Bolsonaro para correção de hérnia foi bem-sucedida.

O presidente, segundo o documento, “fará sua recuperação no apartamento e apresenta quadro clínico estável”.

Por orientação médica, Bolsonaro terá visitas restritas.

Em entrevista coletiva, o médico Antônio Luiz Macedo disse neste domingo que Jair Bolsonaro será acompanhado diariamente por sua equipe.

“Não devemos fazer novos exames de imagem”, afirmou.

“Mexeu muito com o intestino que estava fortemente aderido à parede abdominal.”

O médico disse ainda que foi implantada uma tela na região do abdômen “para auxiliar o reforço do tecido”.

O médico Antonio Luiz Macedo disse neste domingo que a cirurgia de Jair Bolsonaro demorou mais do que o previsto porque havia grande quantidade de aderência na alça intestinal que atravessou a hérnia.

“Normalmente uma cirurgia de hérnia não demora tudo o que demorou, mas a gente não contava que o intestino tinha aderido como aderiu na cirurgia de 28 de janeiro.”

O procedimento para correção da hérnia durou cinco horas no Hospital Vila Nova Star, em São Paulo. A previsão inicial era de que a operação fosse durar de duas a três horas.

O médico Antonio Luiz Macedo disse em entrevista coletiva neste domingo que a cirurgia de Jair Bolsonaro para a correção de uma hérnia foi tranquila.

“Não houve nenhuma sutura intestinal, não houve sangramento. A gente imagina que após a alta ele deverá viajar em 7 ou no mais tardar 10 dias. Mas mesmo que a gente dê alta clínica talvez ele espere no hospital para fazer mais exames.”

Bolsonaro deve fazer sua estreia na abertura da Assembleia da ONU no dia 24 de setembro, em Nova York.

Ainda não há, no entanto, previsão de alta.

O cirurgião Antonio Luiz Macedo disse que a chance de a hérnia de Jair Bolsonaro voltar é “muito pequena”.

“Elas têm índice de reincidir, mas essa probabilidade não é superior a 6%. A chance é muito pequena. O tecido está bem mais musculoso e mais forte, é de imaginar que não vai haver reincidência, mas é sempre possível.”

Flávio Bolsonaro usou o Twitter neste domingo para dizer que seu pai passa bem depois da cirurgia.

“Jair Bolsonaro já no quarto, disposto e bem-humorado, graças a Deus!”

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.
Ele1 - Criar site de notícias