FDC - FACULDADE
SODEXO CARTÕES
SAFRA PAY
BUENOS AIRES

Chapa de Cristina Kirchner ganha com folga prévia de eleição presidencial na Argentina

Candidatura encabeçada por Alberto Fernández, com a ex-presidente de vice, vence de lavada a do atual presidente Macri nas primárias, em resultado que, se repetido, pode definir no primeiro turno pleito de outubro

12/08/2019 10h23
Por: Silvan Magalhães
Fonte: O Globo
124
Cristina Kirchner - Foto: Walter Diaz/Telam/AFP
Cristina Kirchner - Foto: Walter Diaz/Telam/AFP

A chapa formada por Alberto Fernández e a ex-presidente e senadora argentina Cristina Kirchner ganhou de lavada as Primárias Abertas Simultâneas e Obrigatórias (Paso) realizadas na Argentina deste domingo, desbancando o presidente Mauricio Macri, que tenta a reeleição, informa O Globo.

De acordo com o serviço eleitoral do Ministério do Interior da Argentina, às 7h42 (horário de Brasília) desta segunda-feira, com 99,37% das urnas apuradas, a Frente de Todos, de Fernández e Cristina, tinha 47,66% dos votos, contra 32,08% da chapa Juntos pela Mudança do atual mandatário, num resultado que, caso se repita nas eleições de 27 de outubro, significará a vitória ainda no primeiro turno do kirchnerismo.

Para vencer a eleição presidencial no primeiro turno, um candidato argentino precisa de 45% dos votos, ou 40% e ter ao menos dez pontos percentuais de vantagem sobre o segundo colocado.

Apontadas como prévia da eleição presidencial, as Paso servem como uma prova de fogo das campanhas até agora, e seus resultados podem ser vistos como uma indicação de que a aposta de Macri no medo da volta de Cristina talvez não seja suficiente para evitar que isso aconteça. De acordo com as autoridades argentinas, cerca de 75% dos 34 milhões de eleitores do país foram às urnas ontem, participação considerada de “alto nível” para as Paso pelo ministro do Interior, Rogelio Frigerio.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.
Ele1 - Criar site de notícias